Reflexões

"Instruí-vos, porque precisamos da vossa inteligência. Agitai-vos, porque precisamos do vosso entusiasmo.

Organizai-vos, porque carecemos de toda a vossa força".
(Palavra de ordem da revista L'Ordine Nuovo, que teve Gramsci entre seus fundadores)

______________________________________________________________

fevereiro 17, 2008

PAC, pac, pac, pac...



O uso da máquiná pode destruir um patrimônio histórico, como o Conjunto Profilurb, localizado no Santa Felicidade. Para muitos historiadores, patrimônio cultural é um símbolo da grandez de uma comunidade, pois expressa o poder dominante. O Profilurb é um patrimônio histórico e como tal, as entidades e o ministério público, responsáveis por essa atividade, deveriam requerer esse título ao Jardim Profilurb e criar as bases para a melhoria no bairro, com as verbas do Pac.
Agora, essa de revitalizar o bairro, destruindo as casas não é justificativa. Afinal, em várias partes da cidade temos vielas, travessas... o município vai "alarga-las" com o dinheiro do PAC? Acredito que não. O projeto é a destruição do profilurb, tendo em vista ser uma área nobre e a pobreza alí localizada está incomodando a burguesia local.
Assim, com o uso da máquina pública, o poder, nas três esferas, usará dos recursos que a lei lhes dá para confinar essa população em outra localidade. Me lembra os guetos de Varsóvia, quando os judeos foram confinados pelo exército alermão. O fascismo ainda é muito forte, pois, perante um estado forte, o cidadão nada pode e o Estado se põe ao lado de sua classe dirigente. Apostar na independência do Ministério Público é a única solução para os povos oprimidos pela ganância burguesa.

Nenhum comentário:

Ilha das flores