Reflexões

"Instruí-vos, porque precisamos da vossa inteligência. Agitai-vos, porque precisamos do vosso entusiasmo.

Organizai-vos, porque carecemos de toda a vossa força".
(Palavra de ordem da revista L'Ordine Nuovo, que teve Gramsci entre seus fundadores)

______________________________________________________________

outubro 17, 2008

Democracia escolar?

Esse ano teremos eleições para diretores nas escolas da rede estadual. As eleições assegura a democracia escolar? Não. Ela é um instrumento importante para democratizar o poder, mas isso, por si só, não garante uma gestão democrática. É preciso que o gestor seja democrática, para que as instituições existentes na escola possam ser democratizadas, de fato. Em muitas escolas, as eleições servem para "acomodar" grupos vencedores aos seus propósitos, o que elimina qualquer possibilidade de participação popular no poder e a arrogância e o autoritarismo reina de forma absoluta nessas instituições. A escola se fecha em si mesma, como se fosse uma ilha e passa a ignorar o seu entorno, chamando a comunidade para referendar, simplesmente, seus atos. Essa escola, antidemocrática e fechada, fica refém de sí mesma, perdendo a oportunidade de poder construir um projeto de ação política que valorize seus sujeitos, isto é, toda a comunidade, tornando seu entorno um sujeito de ação no processo de ensino e de aprendizagem.
A democracia é uma chave que abre essas possibilidades, a da construção de uma nova hegemonia que se abre à participação popular na construção de escola que queremos. Uma escola humanizada, no seu sentido lato.

Nenhum comentário:

Ilha das flores