Reflexões

"Instruí-vos, porque precisamos da vossa inteligência. Agitai-vos, porque precisamos do vosso entusiasmo.

Organizai-vos, porque carecemos de toda a vossa força".
(Palavra de ordem da revista L'Ordine Nuovo, que teve Gramsci entre seus fundadores)

______________________________________________________________

janeiro 16, 2008

A mídia ignora os direitos humanos

Por João Freire [Quarta-Feira, 16 de Janeiro de 2008 às 14:40hs]

Domingo, 10 de dezembro de 2006. Uma grande comemoração foi realizada no Rio de Janeiro, em homenagem ao Dia Internacional dos Direitos Humanos. O evento organizado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH) reuniu mais de 20 mil pessoas para assistir aos shows de Chico Buarque, Gabriel o Pensador, Daniela Mercury, Elza Soares e Gilberto Gil, na Praia de Botafogo. A grande mídia comercial (impressa e eletrônica) ignorou o evento. No dominical Fantástico (TV Globo), uma matéria com 23 segundos de duração mencionou a comemoração, de forma telegráfica. Para esses veículos, o evento não existiu e, conseqüentemente, para a maioria da população, os direitos humanos continuam sendo pouco conhecidos.
O desinteresse pelo evento da SEDH não foi um fato isolado. Todos os eventos sobre direitos humanos são boicotados pela mídia comercial. Foi assim, por exemplo, com a Conferência Nacional e com o Congresso Interamericano, realizados em 2006.
Outro exemplo ocorreu na terça-feira, 20 de novembro de 2007. Na data em que se comemora o Dia da Consciência Negra, o Jornal Nacional veiculou uma matéria questionando a “utilidade” de esse dia ser feriado. Segundo a matéria, causaria prejuízos para a indústria e para o comércio. Um dos entrevistados afirmou que o feriado é inconstitucional. O preconceito e a luta pela igualdade racial no Brasil não foram abordados.
É importante lembrar que as emissoras de TV são concessões públicas e têm como obrigação constitucional priorizar a informação, a cultura, as artes e a educação. Inclusive a educação em direitos humanos. Mas, na prática, enquanto alguns veículos ignoram, outros discriminam os movimentos de direitos humanos, afirmando que eles “só defendem bandidos”.

http://www.revistaforum.com.br

Um comentário:

ALAVANCA disse...

A TV brasileira é uma vergonha!!!!
Wilson Rezende
wilsonrezende.zip.net

Ilha das flores