Reflexões

"Instruí-vos, porque precisamos da vossa inteligência. Agitai-vos, porque precisamos do vosso entusiasmo.

Organizai-vos, porque carecemos de toda a vossa força".
(Palavra de ordem da revista L'Ordine Nuovo, que teve Gramsci entre seus fundadores)

______________________________________________________________

maio 31, 2008

Divórcio à vista

A elite maringaense que dá suporte político à família Barros menospreza a capacidade política de sua população. Obras superficiais, como ATIs e pintura de faixas de trânsito não enganam mais. A tentativa de higienização social do Bairro Santa Felicidade, para edificar condomínios fechados, marcam a administração e mostra de que lado ela está. Silvio II representa a superficialidade de uma burguesia sem ligação com seu passado histórico, onde tudo é efêmero.
Seus aliados na câmara municipal começam a ter dificuldades para se apresentar à sociedade como sinônimo de trabalho, pois tem muita coisa para explicar à mesma. As forças sociais estão trabalhando para uma retomada ao campo político de centro esquerda, o que poderia avançar nas conquistas sociais para Maringá.
O repúdio aos Barros na administração já começou, basta ver as "tendas da democracia" montadas como palco eleitoral que não ganhou mais força. Silvio II precisará de um milagre para reverter a tendência de abandono, pois Maringá não acredita em reeleição.
O bloco de esquerda, que possivelmente se formará em Maringá, com o PSOL, PSTU e o PCB está no jogo político e apontará caminhos para uma mudança social em nossa cidade.

Nenhum comentário:

Ilha das flores